Blog
WhatsApp

Pesquisar no Site



Estudo realizado pelo Jornal Folha de São Paulo com base em dados disponibilizados por 9 estados sobre crimes contra patrimônios (2017).

É certo que não se deve justificar o aumento da criminalidade somente por questões econômicas, já que as políticas de segurança brasileiras tem urgências históricas. Porém, o aumento da escala de desvios, apontam especialistas, é um dos efeitos diretos do alto índice desemprego do país, que atingiu a marca de 12,2% em out. de 2017 (Pnad Contínua/IBGE)

Embora os holofotes estejam todos voltados para o Rio de Janeiro, um dos estados mais impactados pela crise econômica e de governos, a situação se repete em todo o país. Em Campinas (SP), por exemplo, o número de ocorrências cresceu 19% entre 2013 e 2017.

E todas as áreas produtivas sofrem impactos. O aumento do número de desvios de cargas, por exemplo, fez transportadoras criarem a chamada Taxa de Emergência Excepcional (EMEX), onerando toda uma cadeia produtiva.

E as operações agrícolas não fogem à regra. Reportagem veiculada na edição de 3 de março do Jornal Nacional, aponta que produtores rurais, devido ao aumento de assaltos violentos, vêm desviando recursos destinados à produção para investimento em segurança no campo.

Neste contexto, o combustível - ‘ouro líquido’ da produção agroindustrial - torna-se ainda mais visado, principalmente em operações desprotegidas, que se utilizam de métodos não profissionais para o controle de abastecimentos.

Para o diretor industrial da Korth, Nelson Margarido, o combustível é ‘prato cheio’ para desvios e comércio ilegal. “Se empresa não se utilizar de soluções completas e eficazes para o controle de gastos com combustíveis, certamente os desvios acontecem”. Ele lembra que, mesmo sem qualquer cenário de crise, o desvio de combustíveis em operações de campo e pista no Brasil é de cerca de 3%.

“Em um momento de desemprego, dificuldades econômicas, esse número tende a crescer”, opina.

O Korth Guardian é a ferramenta de controle de abastecimento mais completa do mercado. Composta de software e de equipamentos de automação de bombas e tanques, permite o total controle de uso de combustíveis em operações.

Quer saber mais? Entre em contato com a Korth:

(16) 3416-1326

Compartilhe esse post

Submit to FacebookSubmit to Twitter


O evento tecnológico acontece dia 16 de março e traz novidades para o setor Açúcar e Álcool

O Grupo de Tecnologia das Usinas de Açúcar, Etanol e Energia (GATUA), realizará seu 14º Congresso no dia 16 de março de 2018, em Ribeirão Preto/ SP.

O evento tem como objetivo central o fortalecimento das usinas de cana de açúcar, apresentando as tendências mais inovadoras do mercado de TI para atender as demandas do setor sucroenergético.

A Korth RFID marca presença em mais um ano do Congresso, trocando experiências, oferecendo novidades e expandindo negócios, contribuindo para o aquecimento da economia do segmento em que atua.

O Grupo de Tecnologia das Usinas de Açúcar, Etanol e Energia – GATUA foi criado em outubro de 2003 com o objetivo de auxiliar nas soluções que envolvam Tecnologia da Informação nas usinas.

O GATUA, que tem como missão ser “um espaço para a soma das experiências e o compartilhamento dos conhecimentos”. É um grupo sem fins lucrativos, divide-se em GATUA Norte e GATUA Sul.

O GATUA Norte é composto pelas unidades sucroalcooleiras do nordeste e do norte do País, o GATUA Sul é composto pelas unidades do centro-oeste e sudeste e sul.

Quer saber mais sobre este evento? Acesse o Facebook da GATUA

Siga a Korth e confira novidades da empresa:

Facebook da KORTH

Blog da KORTH

Compartilhe esse post

Submit to FacebookSubmit to Twitter


Recém-lançado e baseado no sistema Beacons, o produto permite a identificação de trabalhadores nas imediações de veículos e máquinas móveis, evitando acidentes laborais.

A Korth é uma empresa comprometida com a melhoria contínua de processos produtivos brasileiros. Desenvolve, constantemente, tecnologias e equipamentos que além de otimizarem e reduzirem custos produtivos, ainda promovem a segurança de trabalhadores.

A empresa acaba de lançar Korth C-me, ferramenta indispensável para o aumento da segurança de trabalhadores em atividades junto a máquinas móveis e veículos (tais como trabalhadores agrícolas, da construção civil, portuários etc).

Seguindo o padrão de todos os produtos desenvolvidos e fabricados pela Korth, o C-me é um sistema de simples utilização e adaptável a diferentes perfis de operações.

Compartilhe esse post

Submit to FacebookSubmit to Twitter



O Congresso do Grupo de Áreas de Tecnologia das Usinas de Açúcar será realizado em Ribeirão Preto (SP) no dia 22/09. Novamente a Korth estará presente..

A Korth, empresa líder na América Latina no segmento de identificação por radiofrequência (RFID), e criadora do Korth Guardian, participará no próximo de 22 de setembro do 13º Congresso Anual do GATUA – Grupo de Áreas de Tecnologia das Usinas de Açúcar, Etanol e Energia.

No Congresso, líderes de importantes empresas brasileiras levarão para discussão temas relacionados à inclusão da tecnologia no mercado agroindustrial. Sistemas de Comunicação Digital para o Agronegócio; Segurança Digital e Controle de Abastecimento e Expedição de Etanol e Caminhos para a Transformação Digital serão alguns dos temas tratados tratados no Congresso.

A proposta evento GATUA é promover troca de informações e capacitações para o fortalecimento das usinas de açúcar, com a apresentação das melhores ofertas no mercado de TI, cases de negócios, produtos e serviços e a intermediação do contato entre empresas/profissionais da área.

Compartilhe esse post

Submit to FacebookSubmit to Twitter



O novo módulo da Korth Guardian permite a criação de inúmeros gráficos sobre a base de abastecimento apontando com precisão a necessidade de combustível em uma operação.

O Korth Guardian é um ‘sistema vivo’.

A mais completa solução de controle de abastecimento do Brasil passa por constantes avaliações e modificações, sempre com o objetivo de otimização e criação de recursos.

Compartilhe esse post

Submit to FacebookSubmit to Twitter



Os dispositivos, além da transferirem informações via comunicação sem fio, passam a utilizar a tecnologia dos acelerômetros, tornando a medição ainda mais simples e precisa.

A Korth, líder brasileira no mercado de sistemas de controle de combustíveis, acaba de lançar uma nova versão de Horímetros, que garante ainda mais precisão nas medições.

Horímetros são dispositivos utilizados para a medição e controle de horas de uso de veículos e maquinários.

No sistema Korth Guardian, assim como os odômetros (utilizado para a medição de quilometragem), os Horímetros têm a vantagem de realizar transferências de informações via comunicação sem fio, com alcance de até 20 m.

Os novos Horímetros, já disponíveis para comercialização na Korth e empresas parceiras, além de poderem ser instalados em quaisquer modelos e marcas de veículos, é dotado da tecnologia do acelerômetro – como explica o Diretor Industrial Nelson Margarido:

Compartilhe esse post

Submit to FacebookSubmit to Twitter